FURA!
ou Um objeto de penetração.

IMG_0180 (1).JPG
IMG_0222.JPG

FURA! ou Um objeto de penetração, que foi selecionada pelo o Edital Aldir Blanc, conta a história de Manfrin, diretora, atriz, dramaturga e produtora da companhia. Inspirada na auto teoria de Testo Junkie do filósofo e escritor espanhol Paul B. Preciado - que escreveu sobre processos cirúrgicos, hormonais, sociais, existenciais de sua própria transição -, a peça trata sobre estas questões que agora Manfrin passa.

“Fura é o segundo momento de uma trilogia que eu escrevo para minha transição dentro de um ciclo social, etapas que um corpo travesti passa para se transicionar. Se em Frutas eu transicionei minha identidade, em Fura busco transicionar dentro da cabeça das pessoas. O que eu preciso fazer para que alguém me veja primeiro como uma mulher?”, explica a artista. A premiada atriz e diretora Janaína Leite assina a provocação cênica do espetáculo autobiográfico de Manfrin. “Janaína Leite tem um longo percurso de pesquisa em obras autobiográficas, desde Conversas com meu pai, onde ela aborda a própria experiência que sofreu de abusos do pai em diálogo com ele, depois Festa de separação, que trata literalmente do aniversário de separação dela com o marido, e Stabat Mater, em que atua com a própria mãe para falar dos abusos que sofreu do pai”, conta a atriz sobre a escolha da direção.

Fotografia: Lisa Cristine
Fotografia: Lisa Cristine
Fotografia: Lisa Cristine
Fotografia: Lisa Cristine
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)
Fotografia: Elza Cohen (@elzacohen)

Fotografias de Elza Cohen e Lisa Cristine.

“Nesta peça quero continuar a transformar transição em obra de arte, fazendo Arte Relacional, passando por várias estéticas do teatro, incorporando o audiovisual em projeções que fazem lembrar de sites de sexo on-line.”

Assista ao Teaser
de FURA! ou Um objeto de penetração: